RESENHA DE LIVRO: A RAINHA DOS SETE MARES

A Rainha dos Sete Mares é um livro de fantasia da autora Bianca Sousa.

Sinopse do livro:

O fundo do mar é governado por seres dotados de inteligência e ganância, como qualquer grande império. No entanto, dentre os sete reinos, um deles oculta um inquietante segredo capaz de ruir com tudo o que foi construído até o momento.
Agatha é a sereia herdeira deste reino, mas tem ideias contrárias às tradições que a impedem de exercer seu lugar de direito: o trono. Geniosa e corajosa, ela não aceita tais condições nem mesmo quando se vê obrigada a assumir o controle após uma catástrofe que ameaça a vida marinha. Sem a menor chance de desabar, precisa ser forte para provar a todos – e a ela mesma – que poderá ficar à frente do povo. Para proteger a todos precisará mergulhar fundo em segredos obscuros e trazer à tona verdades enterradas pelo tempo, além de enfrentar o maior e mais temido monstro que os mares já viram.

Minhas Percepções:

A Rainha dos Sete Mares é um livro diferente do usual. Apesar de tratar de disputas pelo trono/governo de um reino, o cenário é inovador já que não vemos tantas histórias sobre o fundo do mar por aí. A autora traz a releitura de personagem mitológicos como as sereias e do Kraken, o grande monstro do mar, de uma forma mais benévola. Não que eles sejam seres bonzinhos, mas sim seres carregados de histórias, instintos, deveres, questões pessoais pertencentes a um todo. É a ruptura da ideologia bem e mal. Mas, a chave da questão nem é essa, a forma como os personagens buscam resolver a problemática apresentada, o crescimento pessoal e os reflexos que isso traz a sociedade em que vivem é extremamente interessante e positiva.

Além disso, a imagem de sereia forte e destemida que Agatha representa, que rompe com os padrões machistas de sua cultura é extremamente bem vinda. Agatha mostra que tem força e garra para governar seu povo sem precisar estar ao lado de nenhum tritão.

Então, quais os assuntos o livro trata?

Reforçando o que já foi dito, o livro trata de disputas de poder, vingança, traições, cultura machista, preconceito, desigualdade social entre espécies, amizade, alianças, perdão e muitas outras coisas que você pode encontrar desfrutando da leitura.

Em conclusão, não foi um livro que “devorei” de empolgação, mas sem dúvida ele proporciona ao leitor boas reflexões sobre temas que podemos contextualizar com as problemáticas que encontramos em nosso mundo real. É um livro que merece muito ser lido.

Onde comprar: Amazon, Kindle Unlimited.
Formato: eBook Kindle.
Clique aqui, para comprar

  • Livro: A Rainha dos Sete Mares, autora Bianca Sousa
  • Ano: 2020
  • Páginas: 388
  • Gênero: Fantasia e ficção
  • Editora: Produção independente
  • Nota: 4,5 estrelas

Avaliação: 4.5 de 5.

ROMANCES ÁGUA COM AÇÚCAR

Imagem Tú Anh

Listei abaixo dez romances “água com açúcar” que valem a pena serem lidos. São leves, uma linguagem fácil e cativante. Ótimos para ler depois de uma ressaca literária ou em uma tarde de domingo. Boa leitura!

1 – Isolados no amor, A.C. Meyer
2 – Romântico Anônimo, Darling Scotty
3 – Sol em Júpiter, Lola Salgado
4 – O Teorema Katherine, John Green
5 – O lado bom da vida, Mattew Quick
6 – Falso Paquera, Morgana Tavares
7 – Orgulho e Preconceito, Jane Austen
8 – A Linguagem do Amor, Lola Salgado
9 – O livro de Cam: unforgiven (Fallen) – Lauren Kate
10 – Essa Garota me Pertence – Morgana Tavares